Labels

Translate

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Wolverine - Imortal

Surpreendentemente... bom!

"Wolverine - Imortal" (The Wolverine, 2013) nos apresenta não só um filme de ação, mas sim o filme que muitos têm esperado há muitos anos: um filme digno de respeito aos fãs do mutante. Não tenha medo, caros amigos, porquê ele é muito, mas muito bom. Tem erros? Claro, como todo filme, mas as qualidades são maiores.

O filme é baseado na saga dos quadrinhos "Eu, Wolverine", em que este parte ao Japão à procura de controle. Controlar a fera que há dentro dele leva à um confronto psicológico, mostrando-nos uma grande mudança na vida de Logan. O longa-metragem também o leva ao Japão, mas não em busca de amansar a fera, e sim, em busca de ter um ideal. Deixar de ser um homem sem objetivo é o que o leva à Tóquio, e o que move essa história é a imortalidade do Wolverine. Ou a falta dela. Quando Yashida oferece ao nosso protagonista a chance de morrer, começa uma saga interna na vida do herói, de dor física e também emocional. O filme acerta nesse ponto. A emoção faz parte da ação. E a ação, que não chega a impressionar, mas agrada e muito, leva à emoção. Não quero dizer que você vai ver um filme choroso, pelo o contrário, e sim, quero dizer que a mudança na vida do Wolverine é o ponto essencial que leva à tudo. E nisso, James Mangold, o diretor, acerta lindamente, nos mostrando como é para o Logan sentir dor - mas sem exagerar em cenas desnecessárias.
Todas as cenas estão lá por um motivo, mesmo que esse motivo não seja mostrado até o fim.

O longa se torna bom também pela parte técnica. Desde a fotografia, até a trilha sonora, parece que tudo foi bem planejado para nos entregar algo que realmente nos empolgue. O 3D cria uma boa imersão nas cenas de ação, mas não é o melhor de todos (aliás, nenhum dos blockbusters esse ano nos trouxeram um bom 3D de verdade). O elenco foi muitíssimo bem escolhido, visto que 90% dele é oriental. Em boa parte do filme e até em cenas importantes, a língua utilizada é o japonês.

Aos fãs mais ardorosos, o fato de o filme fugir em muitos aspectos das HQs do herói pode incomodar muito. Mas pense: não há um filme baseado em super-heróis que segue totalmente à risca o que está escrito. E já que os outros filmes da saga X não foram totalmente fiéis, por quê este deveria? O Samurai de Prata - símbolo desta distorção - no fim se mostra melhor desta forma para a história cinematográfica do Wolverine.
Pôster utilizando o Samurai de Prata
Resumindo, Imortal apaga de uma vez por todas o fracasso que foi "X-Men Origens : Wolverine" e nos relembra o ano de 2000, quando o "X-Men" foi lançado. Imortal é, ao mesmo tempo, um recomeço e uma continuação. É uma sequência clara de "O Confronto Final" - bem melhor que este na verdade - mas é um filme pessoal, sem vilões que querem destruir o mundo. Deixemos isso para 2015. E por falar nisso, se você espera ansiosamente por Dias de Um Futuro Esquecido, fique até o fim dos créditos finais. Tem uma surpresa para você.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Comic-Con 2013

*ATUALIZADO*

Hoje começou novamente o único evento que reúne caras gordos demais pra se vestir de Batman que continuam a faze-lo e garotas com pouca roupa no mundo! A San Diego Comic-con 2013. Já estamos cheios de sites por ai fazendo uma publicação sobre tudo com resenhas de 50 linhas, mas nos sabemos que quase ninguém tem paciência pra ler, portanto vou falar rapidamente do que ocorreu de importante, e postar uma dezena de imagens, que já dizem tudo mesmo!

Hoje tivemos a resenha nem tanto comentada do diretor e elenco da adaptação de Divergente, um sci-fi adaptado que não promete muito, mas com certeza tem potencial pra iniciar uma franquia adolescente em Hollywood. O enredo adolescente de ficção não chamou atenção do publico, mas o trabalho vem inusitado e possivelmente com sucesso porque não se direcionou a nenhum publico, e jurou, que seria o sci fi mais original da década, se isso pode se considerar elogio não sabemos.



Tivemos presença forte de massa do Ender's Game, com direito a Harrison Ford entre o elenco e o diretor.  O evento todo cheio de cartazes e com direito a exibição de cenas inéditas para o publico. Provavelmente vai ganhar muita bilheteria, mas ao meu ver ate agora é outro filme que eles não tem coragem de por sangue pra crianças quererem assistir.

Vimos Sylvester Stallone e Arnold Schwarzenegger numa apresentação especial de Escape Plan, outro filme "pipocão" no estilo Os Mercenários, que você só assiste com o intuito de ver tiros e explosões mesmo. Você sabe que os caras são engraçados de tao ruins, mas você ainda quer assistir. E acho que esse pode ser mais inteligente que o habitual "bate-explode" deles. Devido a idade.


Temos um debate do pessoal do sci fi Europa Report, debatendo com cientistas da NASA que estudam a lua de Júpiter com o robô Europa Clipper, debatendo a relação entre ficção e ciência, no minimo um debate muito interessante.

E a Summit Entertainment , que todos achavam que ia morrer junto com Crepúsculo, resolveu lançar dois projetos para esse ano e para o próximo.

E agora sem delongas , uma dezena de fotos do evento pra você curtir, porque direito autoral é para os fracos. As fotos são auto explicativas, clique para ampliar:















































Atualização 

O elenco de The World's End apresentou o filme ao publico,caso não saiba, ele faz parte de uma trilogia que inclui Chumbo Grosso e Todo Mundo Quase Morto, conhecidos como Trilogia Cornetto.

Apresentaram a iniciativa de fazer um filme baseado na serie de TV Veronica Mars.

Tivemos grande presença, claro, da Universal Pictures, apresentando o super esperado Kick Ass 2 e Riddick, com direito a elenco e direção apresentando tudo.

A Sony Pictures apresentou no épico Hall H o futuro do aranha no cinema e a transformação dos filmes em uma quadrilogia! Tivemos um painel meio fraco, mas também importante pra divulgar o Ta Chovendo Hambúrguer 2, o painel do remake de RoboCop apresentou as primeiras imagens com o diretor e elenco presentes. E tivemos a tao esperada (apenas por mim) apresentação de Instrumentos Mortais - Cidade dos Ossos, a adaptação do livro de Cassandra Clare, que ganhara um texto comentando aqui ainda essa semana , espero.

O Roteirista de Watchmen e X-men 2 apresentou junto ao elenco, sua tentativa e estreia como diretor, de Wolves, e promete ser muito bom, dado o histórico do mesmo.

E por fim, tivemos a apresentação do filme Metallica Through The Never, que foi apresentado pela banda, mas tirando a parte musical para os fans, um filme de banda 3D não interessa a todo o publico, merecendo um painel num evento como este.

Agora, fotos!













Atualização: 

A  Marvel Studios confirmou os painéis de Thor 2: O Mundo Sombrio e Capitão America  2. O único confirmado até o momento foi o presidente do Marvel Studios Kevin Feige. Também e esperado o anúncio dos projetos da fase 3, sobre Homem-Formiga, Doutor Estranho e uma possível confirmação do filme do Pantera Negra. 

A Fox Studios usará seu espaço no Hall H para divulgar Wolverine- Imortal e Planeta Dos Macacos 2- O Despertar.

O novo trailer do Jogos Vorazes - Em Chamas será apresentado e são aguardadas as presenças da Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth e do diretor Francis Lawrence no painel.
Também deve ser revelada as primeiras imagens da adaptação da HQ Frankenstein- Entre Anjos e Demônios.

 A equipe da Legendary Pictures se juntam para divulgar tanto o filme, como as primeiras cenas do longa Godzilla.
Com a ausência de O Hobbit- A Desolacao de Smaug, a Warner Bros. se focará em outros lançamentos como 300: A Ascensão de um Império, Gravidade, The LEGO movie e Edge Of Tomorrow 

Agora as fotos!!!














Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...